sexta-feira, 24 de abril de 2015

Moro abre dados da Lava-Jato a parlamentares da CPI da Petrobras


Moro vai compartilhar dados
com CPI da Petrobras
Um grupo de 11 deputados da CPI da Petrobras se reuniu com o juiz Sérgio Moro na manhã desta sexta, 24, em Curitiba, na sede da Justiça Federal. No encontro, o responsável pelos processos da operação Lava-Jato autorizou os parlamentares a terem acesso às informações das investigações, como dados levantados a partir da quebra de sigilos bancários, telefônicos e fiscais dos envolvidos.

Com acesso às informações coletadas pelos investigadores da operação que desvenda o maior escândalo de corrupção da história do Brasil, os deputados da CPI irão ajudar a descortinar as engrenagens do esquema criminoso. É uma contribuição importante para o avanço das investigações, e para o combate à impunidade.

Quanto mais transparência, mais os pilantras ficam acuados, e mais a opinião pública pressiona pelo esclarecimento dos fatos e pela condenação dos culpados, apoiando o trabalho da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e da Justiça Federal, os três pilares que sustentam a apuração da mega roubalheira do patrimônio público promovida nos governos petistas.

O juiz Sérgio Moro também sinalizou aos deputados que, no que depender dele, serão mantidas as prisões dos 19 presos por envolvimento com o "petrolão". Questionado pelos deputados, o juiz alertou que há pedidos de habeas corpus que serão apreciados em outra instância, no Supremo Tribunal Federal, o que pode resultar na soltura de alguns acusados.








Nenhum comentário :

Postar um comentário

Seu comentário será exibido após análise do editor.